Transcarioca – fase 1

Transcarioca – fase 1

Transcarioca

Grandes desafios e soluções estruturais complexas.

Uma ponte estaiada, de alto grau de complexidade; mergulhões; passagens inferiores de pedestres e veículos; viadutos de acesso; lajes estaqueadas: o projeto da Transcarioca – fase 1 reuniu grandes desafios e soluções estruturais que chegaram a ser consideradas verdadeiras obras de arte da engenharia estrutural.

A complexidade dos projetos se deveu especialmente às condições do solo, composto de uma argila muito mole nos vinte primeiros metros de profundidade. Para se ter a exata dimensão da instabilidade do solo, era difícil até mesmo caminhar no local da obra. As máquinas utilizadas na construção não poderiam ser apoiadas diretamente no chão, o que tornou necessária uma grande mudança no processo construtivo de boa parte da obra.

Diversos estudos alternativos foram feitos para chegar às soluções que viabilizassem a construção. Um bom exemplo disso foram as lajes estaqueadas de retorno, feitas quase como um “cantitraveller”, com os equipamentos sendo apoiados na estrutura recém-executada, a exemplo do método utilizado em obras portuárias. Com isso, se evitou qualquer tipo de apoio sobre o terreno ou dano sobre a vegetação local. Além dessa atenção especial quanto à preservação da vegetação, a escolha da ponte estaiada como solução também obedeceu ao critério de que geração do menor impacto possível na região.

Uma vez equacionada a questão do solo argiloso, surgia um outro desafio: como construir os mergulhões e passagens inferiores em áreas onde o nível d´água era muito alto, chegando quase a aflorar, e o terreno, arenoso? A solução foi reforçar a laje de fundo do mergulhão, que chega a ter dois metros de espessura em alguns trechos, combatendo assim o grande esforço que a pressão da água faz contra a estrutura e garantir que o mergulhão não “flutuasse” como se fosse um navio.

FICHA TÉCNICA:

Data da Obra: 2011/2013
Local: Barra da Tijuca, Campinho e Madureira, Rio de Janeiro
Cliente: Andrade Gutierrez